Parada Gay de Palmas tem recorde de público, mas continua invisível aos olhos dos políticos tocantinenses

Posted: segunda-feira, 28 de junho de 2010 by Daniel Lélis in Marcadores: , ,
11




A homofobia já matou 23 homossexuais no Tocantins desde 2002. Os dados são do GIAMA (Associação Grupo Ipê-Amarelo pela Livre Orientação Sexual), única ONG LGBT de Tocantins, e organizadora da segunda maior Parada do Orgulho Gay da Região Norte do Brasil. Ontem, mais um grande passo para combater essas vergonhosa estatística foi dado. Num domingo de sol em Palmas, com a presença de cerca de 10 mil pessoas, foi realizada a VII Parada LGBT de Palmas.

Gente de todos os cantos esteve presente na manifestação. Só Araguaina, segunda maior cidade do Tocantins, teve mais de 200 representantes no evento. Recordista de público e de trios (este ano 4), a Parada do Orgulho LGBT de Palmas teve como lema: "Vote não homofobia, sim cidadania!". O objetivo da manifestação este ano, segundo Silvânio Mota, presidente do GIAMA, foi conscientizar as pessoas a não votarem em políticos homofóbicos. O Tocantins, importante dizer, é o único estado brasileiro que não tem representantes na Frente Parlamentar Mista pela Livre Expressão Sexual, o que demonstra o desinteresse dos políticos tocantinenses por este público.

Este ano, vale acrescentar, vários políticos tocantinenses, inclusive, os candidatos ao governo do estado, foram convidados a participar da Parada. Contudo, como nos 6 anos anteriores, nenhum deles apareceu. O medo de perder votos é, sem dúvida nenhuma, uma das grandes razões para essa lamentável realidade. Contudo, antes de justificar a omissão, esse temor só torna ainda mais indigno o desinteresse político pelos homossexuais do estado. A covardia dos políticos de Tocantins, todavia, é aplaudida por muitos, como o jornalista Cléber Toledo, fanático religioso que chegou a declarar no Twitter na véspera do evento, dentre outros absurdos, que "político cristão não deve participar da Parada". Formador de opinião e dono do site mais famoso do estado, Cléber parece ter se arrependido de suas declarações públicas contra os homossexuais, uma vez que apagou todas as mensagens homofóbicas que havia publicado. Não contava, entretanto, com o fato de eu ter printado algumas delas, como vocês podem comprovar abaixo. (CUIDADO PARA NÃO VOMITAR!!!)





Embora não se admita oficialmente, o Brasil é um dos países mais homofóbicos do mundo. A cada dois dias, segundo o Grupo Gay da Bahia (GGB), um homossexual é barbaramente assassinado. No Tocantins, a homofobia, embora mais velada, continua a fazer as suas vítimas. Há poucas semanas, um universitário homossexual de Araguaina fora brutalmente assassinado a capacetadas.

A verdade é que enquanto os políticos do estado, movidos pelo erro grosseiro de misturar religião e política num país laico, tem medo de perder votos, pais e mães de homossexuais tocantinenses tem medo de perder algo muito mais valioso: os seus filhos.



Daniel Lélis

11 comentário(s):

  1. "O Brasil é um dos países mais homofóbicos do mundo."

    Que falácia. Acho melhor dar uma olhada nos países do oriente médio, ásia...O Brasil é um oásis nesse quesito.

  1. André says:

    Com viemência e sensatez, podemos nos informar sobre o que acontece no Tocantins e, descobrimos uma triste realidade: sabemos que não é tão relevante para a classe politica do Estado apoiar a diversidade e a multiplicidade de diferenças que existe aqui e no mundo.
    O preconceito é razão para a discordia que sempre vem acompanhada de intolerância e as vezes de violência.
    Informar é sempre o melhor caminho para uma sociedade mais justa, mais humana e respeitosa nos varios seguimentos.
    E o estudo nem sempre é o ponto final de tudo, precisa-se ir mais além das nossas capacidades intelectuais de entendimento, basta um bom senso.
    Parabéns!

  1. Anônimo says:

    Dilma é a unica a favor da união entre homossexuais.

    http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/27109_DILMA+SE+DIZ+FAVORAVEL+A+UNIAO+CIVIL+DE+HOMOSSEXUAIS

  1. O Brasil me decepciona cada vez mais. =/

  1. Meus caros, a homofobia deve ser estirpada da sociedade. Sou TOTALMENTE CONTRA A VIOLÊNCIA DE QUALQUER EVERGADURA sobre os gays. Somente não consigo entender o motivo dos homossexuais terem como meta ambiciar cerimônias semelhantes a heterossexuais. Não entendo essa persistência. Sou a favor dos que estão unidos pelos laços homossexuais terem direitos hereditários, trabalhistas, plano de saúde, e mais de direito que persiga. Não vejo motivo especial para se ter celebração de casamento gays em Igrejas, fórum ou qualquer outro tipo de manifestação própria de qualquer religião ou sociedade. Como também sou contrário ao direito de adoção. Ou tentar colocar prá sociedade que o homossexualismo é o normal para os seres vivos, etc. Um abraço. Estou no twitter http://twitter.com/ArimateiaMacedo

  1. Sr. Arimateia, para começar, suas ideias são contraditórias. E depois, não estamos lutando para contrariar ninguém. Queremos apenas igualdade de direitos civis, aqueles que estão na plano físico, cumprimento fiel da Constituição Federal de 1988. Religiões não é nosso foco, até pq a constituição deve ser lida de uma maneira só, pq ela é muito clara. A Bíblia é lida conforme a conveniência de cada religão, algumas se baseiam nela pra roubar dízimos, ofertas, dinheiro pra missões etc, outras religiões a usam para matar, segregar, separar, humilhar, discriminar. Mas eu tenho também o direito de professar a fé que eu quiser, direito este também garantido na Constituição, essa mesma que deveria me assegurar união civil, direito a herança, a dependência em plano de saude, direito à adoção. Sim, adoção, pq não? A maioria de nós é filho de heterossexuais e nem por isso somos assim.
    O senhor e todos deveriam fazer uma reflexão sincera sobre os motivos que levam a pensar por que não podemos casar na igreja, por exemplo? Será que Deus não nos abençoa? Baseado em quê, na Bíblia? O mesmo livro que a igreja usou para matar Galilei, Joana D'arc? A mesma Bíblia que a igreja usou para permitir a escravidão negra? A mesma Bíblia que a igreja usou para converter os índios ao catolicismo? O Senhor não acha que é muita soberba achar que o cristianismo seria a única religião que leva a Deus de fato?
    Acho que a homossexualiDADE é normal sim, pelo menos para nos, que não escolhemos ser assim. Muitos de nós não queria e outros não querem ser assim, justamente pelo preconceito. Mas é muito forte, instintiva e sobreumana a força de aceitar ser assim. Quando não se aceita a imposição da natureza, a pessoa está designada a viver infeliz e até mesmo a morrer.

    Então que sociedade queremos pra nós? De pessoas infelizes, trancadas em si pq os humanos dizem que dá um DEUS que não permite que sejamos nós mesmos? Que sociedade queremos pra nós, de pessoas sendo assassinadas por serem inadequadas, ou se suicidando por se acharem inadequadas?

    Que poder é este e constituído por quem têm os humanos heterossexuais de julgar, condenar e sentenciar algumas pessoas que não se comportam sexualmente como os demais heteros?

    O que tem demais o sexo? O senhor não acha natural e humano fazer sexo e sentir prazer? Tem mesmo que ser apenas pra reprodução? Nós realmente não podemos reproduzir fazendo sexo! Então façamos uma barganha: os heterossexuais fazem sexo apenas quando quiserem filhos e nós pararemos de fazer sexo, de fazer AMOR!

  1. Acho a forma de viver a sexualidade muito subjetiva. Não vejo problemas em homossexuais casando-se em igrejas visto que a religião também perpassa um panorama muito subjetivo.

    O que deve prevalecer, sempre, é o respeito com a PESSOA HUMANA, seja ela gay, bissexual, heterosseuxla, trans ou qualquer outra coisa.

    E que bom que foi recorde; sempre soube que seria em virtude das pessoas maravilhosas que estão nos bastidores, organizando o evento. parabéns!

    E Daniel, como sempre, óbvio, seu texto está maravilhoso e suas idéias deveriam virar uma Constituição Federal, pois representam uma maneira calorosamente amorosa de celebrar o amor e o respeito entre as pessoas.

  1. emanuelle says:

    Bom,na verdade acho que nenhum ser humano pode dizer o que é ou não é o pecado,ninguem pode, nem precisa julgar ninguem,porque ate aonde eu sei era-mos pra viver em pais democratico,onde cada um é cada um,e onde era pra existir a chamada "humanização",mas,não é bem assim,enquanto o homossexualismo é considerado pecado,pais que abusam dos seus proprios filhos são considerados o que?,filhos que matam os pais,pais que matam os filhos,são considerados o que?e as pessoas que matam pessoas apenas porque são gays,são considerados o que?Pecadores tambem?,acho que sim!Ninguem tem direito de matar ninguem apenas por ser diferente,apenas por não gostar das mesmas coisas,se fosse pra ser assim ,gente, a copa do mundo não seria na africa e sabe porque?Porque la vivem a maioria negros e aideticos,e ai?..
    Chegamos a um ponto em que não existem mais seres humanos e sim simplismente projetos de gente que se dizem de "DEUS" e inteligentes o suficiente para condenar os outros,bom,acho que foi Deus que deixou esse legado,AMAI AO PROXIMO COMO A SI MESMO,ou sera que eu to errada?!E ai,cade pessoas religiosas?Alguem por acaso ta fazendo isso?acho que uma das coisas mais raras é um ser humano amar o proximo como a si proprio,bom,e aquele mandamento,qual é mesmo?Há,não MATAR..
    E ai,vocês que falam,falam, que são religiosos,poderiam pelo menos tentar lutar para cumprir os mandamentos ao invès de ficar condenando os outros,vocês não acham?..eu sim..
    Bom,olha,o sentido da vida pra mim está apenas em duas coisas,minha familia e meus amigos,meu melhor amigo,meu irmãozinho é gay,e eu amo ele,um amor puro sabe,acho que se fosse pra ver ele sofrer eu preferia sofrer por ele,e quando eu tiver meus filhos se um deles ou todos forem gays,eu vou ama-los assim como os meus pais mi amam,e confesso,preferia um filho gay,do que homens que se ditam machos e no fim se casal, tem filhos e acabam estuprando seus filhos pra saciar suas vontades,porque não tem coragem o sufuciente para lutar pelo que é e pelo que quer, isso sim pra mim é uma vergonha,não saber defender suas ideias,significa um ser humano fraco.!
    Um homem não deixa de ser homem porque é homossexual e nem deixa de ser humano,e nem amoroso e nem deixa de ter CARATER que é uma coisa que falta em muita,muita gente..!
    DAN TI AMU..BY(MANNU MAGALHÂES)

  1. Dan,

    Vim conferir seu artigo, e acho que ficou muito bom!

    Apoiei a Parada deste ano ajudando a patrocinar um trio, e só não estive lá por que tinha pauta a cobrir em Porto Nacional no mesmo horário.

    O fanatismo religioso, a leitura equivocada dos textos bíblicos, a pregação da intolerância com as diferenças, tudo isso me preocupa muito.
    Assim como os crimes sem solução que vitimam homossexuais no Tocantins.

    Vamos todos fazer nossa parte para viver numa sociedade mais iluminada pelas idéias de RESPEITO, CIDADANIA, SOLIDARIEDADE!

    Um abraço e obrigada por acompanhar o www.robertatum.com.br

  1. Lucius D. says:

    Odeio o fato das pessoas usarem crenças e outras formas para esconderem a falta de visão sobre a vida de hoje,preferem usar como desculpa que deus nao aceita gays porque isso é errado para esconder seu preconceito,poderia ao menos ter um argumento com mais logica.
    Quem esse cara pensa que é pra julgar o livre arbitrio das pessoas?Nao foi isso que "deus" nos deu?
    Em relaçao ao artigo adoro as palavras escolhidas,expressam bem.
    Parabens dan.

  1. Claudia says:

    Amei o texto do Dan e também o comentário do Renil Cruz.
    Expressam muito bem esse problema sobre o qual muitos preferem ignorar.
    Me sinto envergonhada de já ter pensado da como alguns e por ter mudado de opinião somente após ver o sofrimento do meu próprio irmão e amigos próximos.
    Precisamos urgentemente livrar o mundo da homofobia. Ela que destroe lares e a vida de muitos jovens pelo mundo.
    Não cabe ao homem julgar o que é certo é errado.
    Creio que Deus tem um propósito pra ter nos criado com tantas diferenças. Talvez seja pra testar a arrogância de mts líderes religiosos.
    Afinal, os dois principais mandamentos são: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.
    Bjos a todos!