Eu também aplaudiria!

Posted: quarta-feira, 5 de maio de 2010 by Daniel Lélis in Marcadores: ,
2


(Recebi por e-mail e resolvi compartilhar com vocês)

Sentar ao lado de um negro?

Eu! Sentar ao lado de um negro?
Uma mulher branca, de aproximadamente 50 anos, chegou ao seu lugar na classe econômica e viu que estava ao lado de um passageiro negro.
Visivelmente perturbada, chamou a comissária de bordo.
‘Qual o problema, senhora’? Pergunta a comissária.
Não está vendo? – Respondeu a senhora.
‘Vocês me colocaram ao lado de um negro’! Não posso ficar aqui.
Você precisa me dar outra poltrona.
Por favor, acalme-se – disse a aeromoça – infelizmente, todos os lugares estão ocupados.
Porém, vou ver se ainda temos algum disponível.
A comissária se afasta e volta alguns minutos depois.
Senhora, como eu disse, não há nenhum outro lugar livre na classe econômica. Falei com o comandante e ele confirmou que não temos mais nenhum lugar nem mesmo na classe econômica.
Temos apenas um lugar na primeira classe. E antes que a mulher fizesse algum comentário, a comissária continua:
‘Veja, é incomum que a nossa companhia permita à um passageiro da classe econômica se assentar na primeira classe. Porém, tendo em vista as circunstâncias, o comandante pensa que seria escandaloso obrigar um passageiro a viajar ao lado de uma pessoa desagradável.
E, dirigindo-se ao senhor negro, a comissária prosseguiu:
Portanto, senhor, caso queira, por favor, pegue a sua bagagem de mão, pois reservamos para o senhor um lugar na primeira classe…
E todos os passageiros próximos, que, estupefatos, assistiam à cena, começaram a aplaudir, alguns de pé.

2 comentário(s):

  1. Estou passando nos blogs que indico no meu site e pedindo (poderia estar matanto, roubando, e bla bla bla) para, quem puder, incorporar o vídeo que eu participei na Manhã Gazeta e mostrar ele para seus leitores e amigos. Se puder ajudar, ótimo. Se não, tudo bem também. Não quero atrapalhar "suas pautas" ou o "tema do seu blog". Ta bom? Mais info aqui: http://fabricioviana.com/video-saindo-do-armario-blogs-sites-gls/

  1. André says:

    Se essa história for real, parabenizo a Companhia pela atitude. Não podemos mais conviver com o racismo, o preconceito...

    Feliz a sua escolha para publicá-a.


    Abraço.